Cabo Verde assinala Dia Internacional da Aviação Civil

O Dia Internacional da Aviação Civil celebra-se a 7 de dezembro, data que remete-nos à assinatura da Convenção Internacional de Aviação Civil (Convenção de Chicago), a 7 de dezembro de 1944, na cidade de Chicago (Estados Unidos), tendo a Assembleia Geral das Nações Unidas em 1996 reconhecido oficialmente a data de 7 de dezembro como o Dia Internacional da Aviação Civil. 

Particularmente este ano, a referida data merece ser assinalada de forma especial em Cabo Verde, uma vez que 2016 ficará marcado como o ano em que o País conseguiu alcançar um importante feito no domínio da aviação civil, a Eleição de Cabo Verde como membro do Conselho da Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO).

Cabo Verde tornou-se Estado Contratante da Organização da Aviação Civil Internacional em 16 de setembro de 1976 e por isso, membro de pleno direito dessa organização de Estados do mundo que primam por uma aviação civil segura eficiente e duradoura, assumindo assim o compromisso de cumprir com as Normas e Recomendações internacionais do sistema da aviação civil mundial.

É nessa qualidade, que Cabo Verde é eleito para o Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO), durante a 39ª Assembleia Geral ocorrida em Montreal, Canada de 27 de setembro a 7 de outubro de 2016, representando o grupo rotativo da CEDEAO e no âmbito das candidaturas apresentadas pela Comissão Africana de Aviação Civil (CAFAC)

Esta eleição representa o reconhecimento do grande esforço que Cabo Verde vem envidando no sentido de contribuir para o engrandecimento da aviação civil mundial.

Não obstante o  país ser pequeno e de atividade aérea comensurada à sua realidade e dimensão, Cabo Verde vem dando um contributo significativo para o crescimento do transporte aéreo na manutenção dos níveis de segurança requeridos a uma atividade extremamente complexa e exigente qual é a atividade aeronáutica, sobretudo no seu posicionamento regional e sub-regional, sendo reconhecido como um país que apesar da sua dimensão, faz parte do grupo de vanguarda no cumprimento dos objetivos regionais e globais da aviação civil internacional.

A aviação civil mundial, enfrenta atualmente enormes desafios impostos pela cada vez mais sofisticada tecnologia na concessão dos equipamentos de voo e de ajuda à navegação aérea, às exigências das políticas de sustentabilidade tanto económica como ambiental, ao surgimento de novas modalidades afins à atividade da navegação aérea, mas também das meaças emergentes e cada vez mais desafiantes às quais a comunidade internacional deve estar em condições de prever e responder.

Cabo Verde enquanto parte integrante do sistema mundial da aviação civil, está ciente das suas responsabilidades e dos desafios a enfrentar pelo que se esforça a cada dia que passa por cumprir os objetivos da segurança e da sustentabilidade do transporte aéreo.

Deste modo, o país tem conseguido importantes feitos no setor da aviação civil, fruto da entrega, comprometimento, abnegação e persistência de todos quantos ao longo dos anos têm dado a sua contribuição para a continuidade e desenvolvimento da aviação civil nacional, pelo que não se pode deixar de homenagear no assinalar de mais um dia da aviação civil internacional a todos quantos dedicaram e dedicam parte das suas vidas a esta tão nobre, complexa e desafiante causa.